MUDAR UMA RODA DE CARRO

Quer seja após um furo ou durante uma mudança das suas rodas para o inverno, é útil saber como se muda uma roda para evitar problemas e uma perda de tempo inútil em estrada, onde o perigo é omnipresente.

Se tiver de mudar uma roda na estrada, lembre-se de vestir o seu colete refletor, ligue as luzes de perigo e coloque o triângulo de sinalização a 30-40 m de distância para trás.

Para mudar uma roda, siga o manual:

    1. Posicione o seu veículo numa superfície plana. Nunca mude uma roda numa rua inclinada, pois arrisca-se a ver o seu veículo partir sem si.
    2. Da mesma forma, evite os solos moles, como a terra. Com o peso do carro, o seu macaco enterrar-se-á na terra. Se não tiver opção, pode remediar esse problema colocando uma tábua suficientemente sólida e grande para repartir o peso do carro.
    1. Pressione o travão manualmente e engate uma velocidade (ou utilize a posição “parking” numa caixa de velocidades automática).
    2. Retire o tampão se tiver.
    3. Comece a soltar ligeiramente as porcas da roda que quer mudar antes de levantar o veículo. Para soltar as porcas, tem de rodar no sentido contrário aos ponteiros do relógio. Não é preciso retirar as porcas, basta desbloqueá-las.
    4. Para desbloquear as porcas, utilize a chave de cruzeta ou a chave dinamométrica presentes na sua bagageira, no local da roda de reserva.
    5. Coloque o macaco no “ponto de encaixe do macaco” mais próximo da roda a mudar. Preste bem atenção para que o macaco fique direito e não se incline.
    6. Levante o seu veículo até a roda deixar de tocar no chão. Se mudar uma roda furada, lembre-se do facto de que a roda que vai meter será maior depois de cheia. Assim, levante o veículo mais alguns centímetros.
  1. Retire completamente as porcas. Pode acontecer a sua roda empenhe no eixo por causa da ferrugem. Neste caso, bata na roda para libertar a jante.
  2. Coloque a roda por baixo do seu veículo para o deter no caso de o macaco ceder. Em caso de queda do veículo, será muito mais barato reparar ou mudar a jante danificada do que reparar o eixo partido.
  3. Coloque a roda sobresselente no eixo. Quando estiver estável, aperte as porcas manualmente sem forçar demasiado, até bloquear. Tenha em atenção para que as suas porcas sejam adequadas e não tenham pó ou pedras que possam saltar no passo do parafuso.
  4. Aperte as porcas com a ajuda da chave dinamométrica ou da chave de cruzeta respeitando a ordem certa para apertar os parafusos da jante. É inútil apertar demasiado para evitar descalibrar o carro.
  5. Desça devagar o veículo com a ajuda do macaco. Depois de estar assente no chão, retire e limpe o macaco.
  6. Reaperte as porcas com a ajuda da chave dinamométrica ou da chave de cruzeta. É inútil meter-se de pé em cima da chave de cruzeta para apertar os parafusos. O aperto manual é suficiente. Se apertar demais, arrisca-se a danificar a jante e o eixo. Da mesma forma, terá dificuldade em voltar a desaparafusá-los quando mudar novamente a roda.
  7. Substitua o tampão, se for necessário.
  8. Arrume a sua roda furada na bagageira, bem como o macaco e a chave de cruzeta ou a chave dinamométrica.

E já está, a sua roda está mudada e poderá voltar à estrada!

Se tiver mudado a sua roda depois de um furo, saiba que a roda sobresselente não está prevista para ser utilizada durante muito tempo. Por isso, lembre-se de reparar o seu pneu ou de o mudar o mais rapidamente possível.

  • Jan 21, 2020
  • Categoria: Saiba mais
  • Comentários: 0
Deixe um comentário